top of page

Quais são os tipos de células tronco?

Atualizado: 26 de set. de 2023

São três os principais tipos de células tronco, as células tronco embrionárias e as adultas (encontradas principalmente na medula óssea e no cordão umbilical), que têm fontes naturais, e as células pluripotentes induzidas, que foram obtidas por cientistas em laboratório em 2006.

1- Células tronco embrionárias.

2- Células tronco adultas.

3- Células pluripotentes induzidas.


As células tronco embrionárias são as células responsáveis por se multiplicarem em novas células para um embrião, enquanto esse se desenvolve para se tornar um bebê. São pluripotentes, o que quer dizer que podem transformar se em qualquer célula do corpo humano.


As células troncos adultas, são células que se multiplicam para fornecer novas células a um organismo que está crescendo, substituindo células danificadas. São multipotentes, o que significa que só é possível se transformarem em alguns tipos de célula, como as do sangue ou as da pele.


Quando você se machuca e rala o joelho, por exemplo, as células tronco adultas trabalham para repor o que foi danificado, dessa forma, há a possibilidade de que tais células sejam encontradas em qualquer parte do corpo.


Uma delas é a medula óssea, que pode ser recolhida de adultos para doação. No entanto, há alguns casos em que sua eficácia para um tratamento se dê de maneira mais acertada, como as células tronco do cordão umbilical.


Há a perspectiva de essas serem coletadas no momento logo após ao parto e armazenadas para uso futuro e, como não foram expostas a radiação, vírus e outros, têm potencial maior de multiplicação.


No caso da medula óssea, por exemplo, é preciso uma bateria de exames visando garantir que condições do doador não afetarão a saúde de quem vai receber o material.


Exemplos:

1. Células-tronco hematopoiéticas (CTH).

2. Células–tronco mesenquimais.

3. Vesículas extracelulares (EVs).

4. Exossomos.


Já as células pluripotentes induzidas (ou do inglês induced pluripotent stem cells) são células somáticas reprogramadas para o estado embrionário por meio da expressão de fatores ectópicos de transcrição específicos, tornando as um alvo promissor para a medicina regenerativa.



6 visualizações0 comentário

留言


bottom of page